Uma cidade, um Museu

Património Cultural
Data: segunda, 16 de dezembro de 2019 14:30

Local: Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego

O Museu de Lamego encontra-se instalado no antigo paço episcopal, num imponente edifício que se situa no largo de Camões, na «baixa» da cidade, onde se concentram diversos edifícios de significado histórico – constituindo a Catedral a norte do edifício o mais importante – e diversas casas solarengas dos séculos XVII e XVIII que albergam atualmente diferentes serviços.

A autenticidade, a originalidade, a raridade, a singularidade, a exemplaridade, o génio do criador, o testemunho de vivências, factos históricos e identidades coletivas, o valor estético, técnico ou material e a importância do ponto de vista da investigação histórica ou científica são alguns dos fatores que levaram à atribuição da classificação “TESOURO NACIONAL” a 18 peças à guarda do Museu de Lamego. De valor excecional, o antigo retábulo da Sé, da autoria de Vasco Fernandes, as tapeçarias flamengas (“Série de Édipo“, “O Julgamento do Paraíso” e “O Templo de Latona“) os painéis de azulejos do século XVII e a arca tumular do séc. XIV, onde supostamente foram depositados os restos mortais de D. Teresa Anes de Toledo, 3ª mulher do poderoso Conde Pedro Afonso, constituem um património lamecense que importa salvaguardar e valorizar.

Contudo, um Museu não se restringirá ao denominado “mercado dos museus”, pois deverá ser capaz de se reinventar, de desenvolver a sua imagem de marca e a sua capacidade de inovação e visibilidade, e, simultaneamente, conservar a memória autêntica dos factos históricos, valorizando-os, não só pela posse de uma coleção de valor inquestionável e com identidade própria, mas também por uma visão tecnológica e digital, transformando-se num espaço de cultura e de produção criativa.

A missão do Museu de Lamego na promoção e preservação do património cultural lamecense, bem como a relação responsável e afetuosa que sempre manteve com a sua cidade, serão os temas principais abordados por Alexandra Falcão, atual diretora do museu. A não perder!

 

 

ALEXANDRA FALCAOALEXANDRA ISABEL FALCÃO
Natural de Lamego.
Licenciada em História da Arte e pós-graduada em Museologia é técnica superior do Museu de Lamego, onde se encontra, em regime de comissão de serviço, a desempenhar funções de direcção e de coordenação da Rede de Monumentos do Vale do Varosa.

Autora de diversos artigos e publicações tem participado em inúmeros colóquios, congressos e mesas-redondas, nos domínios da história da arte, museologia e serviço educativo.


É investigadora da Rede de Monumentos do Vale do Varosa e do projecto “A Marca de Rubens”, dedicado ao estudo da cópia pictórica.

Entre 2013/14 leccionou História da Arte e História da Arte Portuguesa, como docente convidada, na ESTGL.

 

Lugares disponíveis
4
Número de lugares
30
Telefone
254614013
Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Mapa


 

Todas as datas


  • segunda, 16 de dezembro de 2019 14:30

 

Lista de participantes

Mónica CoutinhoMónica Coutinho (1)
segunda, 16 de dezembro de 2019 - 14:30
Escola Superior de Tecnologia e Gestão de LamegoEscola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (25)
segunda, 16 de dezembro de 2019 - 14:30

Criado em iCagenda

Contactos e Horário

Biblioteca Pública Municipal de Lamego

Rua de Almacave nº 9, 5100-108 Lamego

Horário: 09h00 - 12h30 e 14h00 - 17h30

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telef.: 254 614 013

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.