Seminário Theka Torna-Viagem | 20 e 21 de setembro de 2019 A cidade de Lamego recebe no final desta...
Biblioteca de Lamego promove lúdico e pedagógico peddy-papper No dia 18 de julho, a Biblioteca Pública...
JUNTOS DE FÉRIAS - LÊ, JOGA E GANHA PRÉMIOS! O "Juntos de Férias" é um projeto de parceria...
Lamego, Cidade Poema De características inéditas e originais na...

25º Aniversário do Manifesto das Bibliotecas Públicas

public library manifesto 25​Iniciando-se a 29 de novembro de 2018 a celebração do ano do 25º aniversário do Manifesto das Bibliotecas Públicas da IFLA/UNESCO, que se completa a 29 de novembro de 2019, a IFLA propõe que a data seja assinalada através da refexão dos bibliotecários sobre a forma como o Manifestou alterou a "sua" biblioteca.

Essas reflexões, acompanhadas da identificação e localização da Biblioteca e também de uma fotografia ilustrativa, deverão ser partilhadas nas redes sociais com o hastag #PublicLibraryManifesto e o logotipo do aniversário.

O apoio ao Manifesto também poderá ser demonstrado de forma individual, podendo ser utilizada uma foto da própria pessoa.

A campanha terá início no dia 29 de novembro e prolongar-se-á até 29 de novembro de 2019.

Missões da Biblioteca Pública

As missões-chave da biblioteca pública relacionadas com a informação, a alfabetização, a educação e a cultura são as seguintes:
1.Criar e fortalecer os hábitos de leitura nas crianças, desde a primeira infância;
2.Apoiar a educação individual e a auto-formação, assim como a educação formal a todos os níveis;
3.Assegurar a cada pessoa os meios para evoluir de forma criativa;
4.Estimular a imaginação e criatividade das crianças e dos jovens;
5.Promover o conhecimento sobre a herança cultural, o apreço pelas artes e pelas realizações e inovações científicas;
6.Possibilitar o acesso a todas as formas de expressão cultural das artes do espectáculo;
7.Fomentar o diálogo inter-cultural e a diversidade cultural;
8.Apoiar a tradição oral;
9.Assegurar o acesso dos cidadãos a todos os tipos de informação da comunidade local;
10.Proporcionar serviços de informação adequados às empresas locais, associações e grupos de interesse;
11.Facilitar o desenvolvimento da capacidade de utilizar a informação e a informática;
12.Apoiar, participar e, se necessário, criar programas e actividades de alfabetização para os diferentes grupos etários.

Mais informação AQUI

Sophia de Mello Breyner – a essência de uma incomparável Voz-Emoção

sophia andersen lamego

A Tertúlia Artes e Letras convida para mais uma Sessão, às 21,30 do dia 9 de Novembro, na Biblioteca Municipal de Lamego – Rua de Almacave.

Tema – “Sophia de Mello Breyner – a essência de uma incomparável
Voz-Emoção”

 

 Intervenções confirmadas de:

- José Pessoa – “Sophia de Mello Breyner Andresen: do sonho à realidade, a Poesia em liberdade”
- Conceição Pires – “Entre as mãos de quem lê”
- Vítor Oliveira – “(Des)consolar: Proust, Sophia e Wislawa”
- Dramatização de um texto dos “Contos Exemplares” de Sophia – Mónica Lima, com acompanhamento musical de Francisco Pina
- Poema de Sophia, “Cantata da Paz”, pelas vozes do coro tertuliano.

Debate, comentários e leituras, por parte de quem se mostrar disponível para o enriquecimento cultural desta Homenagem, no Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen.

ENTRADA LIVRE!
Organização e coordenação
Aurora Simões de Matos

Livros com vida... "Jogos tradicionais das crianças do concelho de Lamego"

jogos tradicionais lamegoJogos tradicionais das crianças do concelho de Lamego - uma revisitação ao universo do jogo tradicional lamecense

Publicado pelo Museu de Lamego em 1982, o livro Jogos tradicionais das crianças do concelho de Lamego revela-se-nos como um importante testemunho histórico e impressivo de um certo modo de olhar a vida e uma realidade em contramão com a atual sociedade e ambiência que envolve as nossas crianças e jovens numa interação entre pares quase completamente dependente das novas plataformas digitais, onde o jogo já não dá cor e alegria às ruas e aldeias do velho burgo lamecense.

Singular e precioso, por nele se ter vazado uma visão de um mundo longíquo e saudosista, neste livro aprofunda-se o tema dos jogos infantis tradicionais, levantamento realizado por Orlando Lourenço e António Pedro Valente, em parceria com o Serviço Educativo do Museu de Lamego e a Biblioteca Municipal, no âmbito das comemorações do Ano Internacional da Criança, junto das crianças e das escolas das 24 freguesias do concelho de Lamego, dando-se "preferência aos jogos de Roda e a outro dos quais façam parte lengaslengas ou parlendas de cunho popular" (Maria Celina Parente).

Livro simbólico e testemunhal de lugares e tempos, que permite uma revisitação ao universo do jogo tradicional, estamos, pois, perante um património lamecense, um "diálogo" e um encontro com a nossa identidade e diversidade cultural que nos lega uma prática social e comunitária que muito contribuiu para a construção do que é ser lamecense e que importa inserir numa estratégia de construção e valorização da nossa memória coletiva.

O livro pode ser consultado livremente na Biblioteca Municipal.

 

Contactos e Horário

Biblioteca Pública Municipal de Lamego

Rua de Almacave nº 9, 5100-108 Lamego

Horário: 09h00 - 12h30 e 14h00 - 17h30

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Telef.: 254 614 013

Newsletter

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.